sábado, 20 de agosto de 2016

Vapor Branco



Quando eu for para a guerra
Empunhando minha bandeira
Apontando para a frenteira
Quero ter um fone de ouvido

Quero ouvir música tranquila
Música que me lembra da paz
Paz pela qual eu e você lutamos
E de não valorizá-la, nós erramos

A música que guardo com carinho
Dos tempos de paz, nosso cantinho
Acho que sou sentimental demais

Muitos de nós somos sentimentais
Muitos de nós, somos até demais
E não há problema algum nisso...

Nenhum comentário: